BRF-Principais Riscos

Os riscos que a própria Companhia enxerga e assume, relacionados as suas atividades

Pandemias ou surtos de doenças em humanos, tais como o novo coronavírus {COVI D-19) , podem afetar os padrões de consumo e de comercialização, cadeias de suprimentos e processos produtivo,s  o que poderia impactar adversamente as operações e resultados operacionais da Companhia.

Riscos relacionados à segurança da saúde e alimentos envolvendo o setor alimentício podem prejudicar a produção e processos de envio, bem como a capacidade da Companhia de vender seus produtos.

Barreiras comerciais mais rígidas em mercados importantes de exportação podem afetar de forma negativa os resultados operacionais da Companhia.

Violações, interrupções ou falhas dos sistemas de tecnologia da informação da Companhia, incluindo como resultado um possível ataque cibernéti,co podem interromper as operações e impactar negativamente nos negócios e na reputação da Companhia.

A Companhia está sujeita a riscos associados à incapacidade de cumprir com as leis de proteção de dados aplicáveis e pode ser negativamente afetada pela imposição de multas e outras formas de sanção.

Aquisições ou desinvestimentos recentes e futuros ou joint ventures podem desviar recursos de gestão ou provar serem prejudiciais para a Companhia.

A Companhia foi alvo de investigações relevantes relacionadas à segurança dos alimentos e  ao  controle de  qualidade entre  outros,  e  um  resultado  negativo  de qualquer uma dessas investigações poderia resultar em penalidades, multas e outras formas de passivos, e poderia ter um efeito adverso significativo sobre os negócios, reputação, marca, resultados das operações e condição financeira da Companhia.

A Companhia pode falhar em cumprir suas políticas de compliance e a legislação nacional e internacional sobre antifraude, anticorrupção contra lavagem de dinheiro e outras normas internacionais.

A Companhia está sujeita a leis e regulamentos antitruste e concorrencial e pode não ser capaz de garantir o cumprimento de tais leis e regulamentos.

O descumprimento das leis e regulamentos de controle de exportação ou sanções econômicas pode ter um impacto adverso relevante nos resultados operacionais da Companhia, na sua condição financeira e reputacional.

Falhas na manutenção de controles internos da Companhia podem afetar adversamente a reputação e os negócios da Companhia.

Falhas da Companhia em continuamente inovar e lançar novos produtos com sucesso que atendam às necessidades e exigências dos clientes da Companhia, assim como manter a imagem de sua marca, podem adversamente impactar os seus resultados operacionais.

Decisões desfavoráveis em processos administrativos e judiciais podem reduzir a liquidez da Companhia e afetar-lhe negativamente.

A falha ou a incapacidade da Companhia em proteger a sua propriedade intelectual e qualquer violação à sua propriedade intelectual poderá ter um impacto negativo nos resultados operacionais da Companhia.

Danos não cobertos pelas apólices de seguros da Companhia podem resultar em perdas à Companhia o que poderia ter um efeito adverso em seus negócios.

A Companhia depende de membros de sua alta administração e da sua capacidade de recrutar e reter profissionais qualificados para implementar sua estratégia.

O nível de endividamento da Companhia é substancial e a sua alavancagem pode afetar negativamente a capacidade da Companhia de refinanciar suas dívidas e expandir seus negócios.

O custo de financiamento da Companhia é afetado por suas classificações de crédito (ratings) e quaisquer riscos podem ter um efeito adverso em referidas classificações de crédito ( ratings) e nos custos de financiamento da Companhia, podendo afetar adversamente seus resultados operacionais.

A Companhia tem dívidas substanciais que vencem nos próximos anos.

Os termos do endividamento da Companhia impõem à Companhia restrições significativas.

A Companhia está sujeita a fiscalizações pelas autoridades fiscais nas esferas federal, estadual e municipal, no Brasil, bem como nas respectivas jurisdições nos países onde atua.

A Companhia está sujeita a determinadas regras da legislação tributária em razão da inscrição de débitos fiscais em programas específicos de parcelamentos divulgados pelas autoridades tributárias. Caso a Companhia deixe de cumprir quaisquer dessas regras os programas poderão ser rescindidos e os benefícios decorrentes deles cancelados.

Mudanças nas leis tributárias ou em suas interpretações podem aumentar a  carga tributária da Companhia, e  como consequência, afetar negativamente o seu resultado operacional e a sua condição financeira.

A efetiva transferência do controle societário da Companhia pode resultar em vencimento antecipado ou rescisão {conforme aplicável} de determinados contratos financeiros da Companhia

Os resultados operacionais da Companhia estão sujeitos à ciclicidade e à volatilidade dos preços das commodities carne de frango e carne de porco, podendo afetar negativamente todo o negócio da Companhia.

A Companhia está sujeita a riscos de transporte e logística de terceiros e depende de um número limitado de fornecedores terceirizados disponíveis para entregar alguns materiais especializados necessários para as suas atividades de produção.

Os negócios dependem do fornecimento de insumos produzidos por agricultores e produtores integrados, bem como o desempenho da Companhia depende da sua capacidade de atrair e manter uma rede de agricultores e produtores integrados qualificados.

A Companhia enfrenta concorrência significativa de produtores brasileiros e estrangeiros, o que pode afetar negativamente seu desempenho financeiro.

O desempenho da Companhia depende de relações trabalhistas favoráveis com seus empregados, do cumprimento das leis trabalhistas e da segurança de suas instalações. Qualquer deterioração dessas relações, aumento dos custos relacionados a questões trabalhistas e lesões nas instalações da Companhia pode afetar adversamente seu negócio.

A crescente regulamentação relacionada à segurança dos alimentos e ao bem-estar animal pode aumentar os custos da Companhia e afetar adversamente os resultados de suas operações.

As leis e as regulamentações ambientais exigem cada vez mais gastos para seu cumprimento.

Riscos políticos e econômicos nas regiões e países onde a Companhia atua podem limitar a lucratividade de suas operações e sua capacidade de executar sua estratégia.

As vendas da Companhia no mercado internacional estão sujeitas a uma ampla gama de riscos associados a operações transnacionais.

Surtos ou receios de surtos de quaisquer doenças de origem animal podem levar ao cancelamento de pedidos por clientes da Companhia e, especialmente se houver possibilidade de a doença afetar humanos, poderão gerar publicidade negativa, de modo a afetar de maneira material e adversa a demanda de consumidores pelos produtos da Companhia. Além disso, os surtos de doença de origem animal no Brasil podem resultar em ações por parte de governos estrangeiros para fechar os mercados de exportação para alguns ou para todos os produtos da Companhia, o que pode levar ao sacrifício de tais animais.

Mudanças climáticas podem afetar negativamente o negócio da Companhia e o resultado de sua operação.

A escassez ou falta  de água  e  qualquer  descumprimento das regras e  dos regulamentos aplicáveis relacionados ao uso e à gestão da águ,a poderão afetar de forma adversa os negócios e os resultados operacionais da Companhia.

Os detentores de ações de emissão da Companhia podem não receber dividendos ou juros sobre capital próprio.

A Companhia poderá precisar de capital adicional no futuro, a ser obtido por meio da emissão de valores mobiliários, o que pode resultar na diluição da participação dos atuais detentores das ações de sua emissão.

Disposições do Estatuto Social da Companhia podem impedir esforços por parte de seus acionistas em alterar seu controle ou administração.

A relativa volatilidade e falta de liquidez do mercado de capitais brasileiro podem afetar de forma negativa a liquidez e os preços de mercado das ações da Companhia e limitar a capacidade de seus acionistas em alienar as ações por eles detidas pelo preço e na ocasião que desejarem.

Os acontecimentos e a percepção de riscos em outros países, especialmente em mercados emergentes, podem afetar negativamente a cotação das Ações da Companhia.

A Companhia não possui um acionista controlador ou grupo de controle o que poderá deixar a Companhia suscetível ao surgimento de acionistas com participações relevantes, de alianças entre acionistas eventuais conflitos entre acionistas e outros eventos decorrentes da ausência de um acionista controlador ou grupo de controle, e que podem levar a alterações em suas políticas corporativas e estratégias.

A deterioração das condições econômicas e políticas gerais pode impactar negativamente negócios.

As condições econômica,s  política e outras do Brasil e as ações e políticas do governo brasileiro em respostas a essas condições poderão afetar negativamente os negócios, resultados operacionais da Companhia e, portanto, o preço do seus valores mobiliários