Neoenergia-Principais Riscos

Os riscos que a própria Companhia enxerga e assume, relacionados as suas atividades

Os negócios da Companhia requerem elevados níveis de investimento, que podem ser afetados por restrições na disponibilidade de crédito e frustação da geração de caixa operacional.

Qualquer queda adicional no rating de crédito da Companhia ou do Brasil pode afetar adversamente o acesso e/ ou o limite as linhas de financiamento para os investimentos das controladas e coligadas da Companhia.

As geradoras hidráulicas controladas da Companhia poderão ser responsabilizadas por perdas e danos causados a terceiros em decorrência de falhas na barragem.

As atividades das controladas da Companhia estão expostas a riscos de acidentes com a força de trabalho e com a comunidade.

O não atendimento pela Companhia ou por suas controladas de obrigações assumidas em contratos financeiros pode acarretar o vencimento antecipado de suas dívidas

A Companhia e suas controladas são partes em diversos processos administrativos , judiciais e arbitrais que, caso decididos contrariamente à Companhia e suas controladas, podem ter um impacto negativo em seus resultados e condição financeira.

A Companhia pode ser afetada substancialmente por violações ao nosso Código de Ética, à Lei Anticorrupção Brasileira e leis anticorrupção semelhantes.

A Companhia pode ser afetada substancialmente por violações à Legislação de Defesa da Concorrência.

A Companhia pode ser afetada substancialmente por violações à Lei Geral de Proteção de Dados brasileira.

A perda de membros da administração da Companhia ou a incapacidade de atrair e reter pessoal qualificado pode ter efeito adverso sobre a Companhia.

Uma paralisação ou greve significativa da nossa força de trabalho pode afetar as nossas operações.

A construção, expansão e operação de instalações de energia elétrica envolvem riscos significativos que podem levar à perda de receita ou aumento das despesas.

Parte dos imóveis que a Companhia ocupa está em processo de obtenção ou de renovação de licenças municipais e do corpo de bombeiros

As controladas da Companhia podem incorrer em perdas ou custos adicionais em função de não regularização fundiária.

As controladas da Companhia são responsáveis por perdas e danos causados a terceiros em decorrência de falhas na geração de suas usinas, interrup ções ou distúrbios. Os seguros contratados pelas controladas da Companhia podem ser insuficientes para cobrir estes danos.

Os negócios da Companhia podem ser adversamente afetados por catástrofes naturais e acidentes de grandes proporções. Adicionalmente, os seguros de danos materiais e responsabilidade civil podem não prover a cobertura completa dos riscos a que as controladas da Companhia estão sujeitas.

Conforme legislação aplicável, as geradoras hidráulicas e eólicas das controladas da Companhia podem ter sua garantia física revisada.

As geradoras controladas da Companhia poderão não ser capazes de gerar toda a energia que se obrigaram contratualm ente a entregar, o que pode ter um efeito adverso sobre a Companhia.

Condições hidrológicas desfavoráveis podem afetar substancialmente os resultados operacionais das controladas da Companhia.

A atuação no setor de comercialização de energia elétrica passa pelo risco de Market Share e concorrência.

Exposição financeira no mercado de curto prazo das geradoras e comercializadora controladas da Companhia.

Risco de preço de energia para a comercializadora

A atuação no setor de geração de energia elétrica passa pelo risco de comercialização de energia e nível de concorrência.

Perda de Concessão

As distribuidoras podem enfrentar situações de sobre contratação e sobre custos em virtude da migração de consumidores para o mercado livre

Se as distribuidoras controladas pela Companhia não conseguirem combater as perdas de energia, seus resultados operacionais e sua situação financeira poderão ser prejudicados.

Visando manter a qualidade na prestação do serviço público de distribuição de energia elétrica, a ANEEL exige que as concessionárias mantenham um padrão de continuidade e, para tal, edita limites para os indicadores coletivos de continuidade, DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) e FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora).

Variações nas estimativas da demanda de energia para a área de concessão da Companhia poderão afetar adversamente seus resultados operacionais. A Companhia pode não conseguir repassar integralmente , por intermédio de suas tarifas, os custos de compras de energia, além de estar sujeita a penalidades no âmbito da ANEEL.

As distribuidoras controladas não podem assegurar que suas proj eções iniciai s de crescimento de energia em suas áreas de concessãoserão precisas e exatas. Nesta hipótese, poderão ficar expostasa preços no mercado de curto prazo para satisfazer suas obriga ções de distribuição de energia elétrica e sofrer certas penalidades impostas pela ANEEL.

As distribuidoras controladas da Companhia podem ter seus resultados afetados pelo crescimento da geração distribuída.

Atrasos operacionais em plantas de geração de energia podem afetar negativamente o caixa das distribuidoras, tendo efeito adverso sobre a Companhia.

O Ministério Público do Trabalho questiona a possibilidade de terceirização das atividades-fim das distribuidorasde energia. Em eventual caso de procedência dos questionamentosapresentados, a Companhia poderá incorrer  no  pagamento  de  indenizações  e/ ou  na  obrigação  de  contratação  dos  trabalhadores ter ceirizados. Este fato poderá afetar substancialmente as operações da Companhia e consequentemente seu resultado

Decisões adversas à Companhia ou suas controladas acerca do processo de amortização do ágio na privatização de subsidiárias da Companhia poderão impactar a capacidade da Companhia de honrar com suas obriga ções financeiras e comprometer a implantação do seu plano de negócios

Parte dos recebíveis de titularidade das controladas da Companhia foi dada em garantia em favor de terceiros. No caso de inadimplemento das subsidiárias da Companhia em seus contratos de financiamento, as ações empenhadas poderão ser excutidas, resultando na perda de participação acionária da Companhia em suas subsidiárias e, consequentemente , no comprometimento do fluxo de dividendos recebido pela Companhia

A Companhia pode ser afetada de maneira adversa no caso de deterioração na qualidade de crédito das instituições financeiras com as quais possui aplicações de caixa, equivalentes de caixa, títulos e valores mobiliários, derivativos, bem como outros instrumentos financeiros.

A Companhia pode não conseguir cumprir seus objetivos estratégicos e financeiros relativos a qualquer possível aquisição ou participação societária já adquirida

A Companhia é uma holding e parte significativa do seu caixa provém da distribuição de resultados das controladas. Alguns contratos financeiros celebrados por suas controladas impõem restrições à distribuição de dividendos.

Os sistemas, políticas e procedimentos de controles internos da Companhia podem não ser suficientes e/ ou totalmente eficazes para detectar práticas inapropriadas ou erros na emissão das demonstrações financeiras

Os titulares das nossas ações ordinárias poderão não receber dividendos ou juros sobre o capital próprio

Atrasos ou a não conclusão pela Companhia dos novos projetos de transmissão, bem como os gastos efetivamente realizado serem acima do previsto, podem impactar negativamente as operações e resultados da Companhia

Eventuais débitos oriundos de planos de benefícios patrocinados pelas controladas da Companhia poderão ser arcados por ela

Parte das atividades que a Companhia exerce está em processo de obtenção ou de renovação de licenças e autorizações ambientais

A captação de recursos adicionais por meiode uma oferta pública de ações ou de títulos conversíveis em ações pode diluir a participação acionária dos acionistas da Companhia

Os interesses do acionista controlador da Companhia podem ser conflitantes com os interesses dos demais acionistas que ingressarem na Companhia

Custos de contratação das controladas da Companhia podem variar de acordo com a demanda de mercado devido à limitação do número de fornecedores.

Incapacidade e/ ou indisponibilidade dos fornecedores das controladas da Companhia pode(m) impactar negativamente a Companhia.

A Companhia e suas controladas podem vir a ser responsabilizadas por atos de descumprimento da legislação anticorrupção por parte de seus fornecedores.

Alguns  problemas  com  as empresas  terceirizadas  podem  afetar  a  Companhia,  no caso de  compromissos assumidos de forma solidária.

Eventuais atrasos ou falhas na prestação de serviços pelas construtoras contratadas pelas controladas da Companhia e no fornecimento de máquinas e equipamentos podem ter um efeito adverso em sua imagem e em seus negócios.

A operação da usina termelétrica Termopernambuco, controlada da Companhia, depende do fornecimento de água e gás.

Contratação de energia e gás natural após maio de 2024 da usina termelétrica Termopernambuco, controlada da Companhia.

As distribuidoras controladas da Companhia atuam num setor sujeito à redução de resultado em decorrência do aumento nos atrasos e inadimplência de seus clientes.

Inadimplência de clientes nos segmentos de geração, transmissão e comercialização podem impactar negativamente a Companhia.

As geradoras e comercializadora da Companhia, na liquidação financeira no mercado de curto prazo, podem estar sujeitas ao não recebimento integral de seus créditos em função de inadimplência dos agentes e/ ou ações judiciais que suspendam as obrigações de pagamento por parte de certos agentes.

A Companhia pode ser afetada de maneira adversa em caso de revogação dos incentivos fiscais e tarifários do setor de atuação de suas controladas atualmente concedidos pelas autoridades públicas competent es, bem como em caso de alterações na legislação fiscal e tarifá rio que impactem a carga tributária atual.

A intervenção do governo brasileiro na economia nacional por meio de modificações significativas em suas políticas e normas monetárias, fiscais, creditícias e tarifárias podem afetar os negócios da Companhia.

A instabilidade política pode afetar adversamente os negócios e resultados da Companhia, além do preço de suas ações e sua reputação.

A inflação e as medidas do Governo Federal para combatê-la podem influenciar significativamentea incerteza econômica no Brasil, e podem afetar adversamente os resultados operacionais da Companhia.

Restrições sobre a movimentação de capitais para fora do Brasil poderão prejudicar a capacidade da Companhia de cumprir determinadas obrigações de pagamentos em moedas estrangeiras.

A deterioração das condições econômicas e de mercado financeiro, em geral, ou a percepção de risco em outros países, especialmente nos Estados Unidos e países de mercados emergentes , pode afetar negativamente a economia brasileira e o preço de mercado de valores mobiliários brasileiros.

As condições políticas, econômicas e sociais do Brasil e Globais podem causar um impacto adverso aos negócios da Companhia, de forma a ser refletido no valor de suas ações listadas em bolsa.

Alterações nasleis tributárias brasileiras e sobre encargos setoriais podem ter impacto adverso nos resultados operacionais da Companhia

As controladas da Companhia podem ser penalizadas pela ANEEL e outros agentes fiscalizadores estaduais pelo não atendimento das obrigações contidas no contrato de concessão e/ ou Autorização, especialmente em relação a indicadores de qualidade das distribuidoras, o que pode acarretar multas e outras penalidades e, dependendo da gravidade do inadimplemento, a caducidade da concessão.

Não há como garantir se, e em que condições, as concessões atuais das empresas controladas pela Companhia será renovada.

A Companhia atua no setor elétrico brasileiro, que foi reestruturado pelo Governo Federal.

Eventuais alterações na regulamentação do setor elétrico poderão afetar de maneira adversa as empresas sujeitas às suas regras, como a Companhia.

Eventual avaliação insatisfatória a respeito da governança corporativa das distribuidoras de energia elétrica, conforme regras previstas na Resolução Normativa nº 787 / 17 da ANEEL, a partir de 2022, poderá impactar negativamente os resultados e a reputação da Companhia

Condições e resultados desfavoráveis em processos licitatórios, aqu1s1çoes de empreendimentos e na renovação de contratos de venda de energia podem ter impacto relevante na estratégia da Companhia.

As tarifas que as empresas controladas cobram pela venda de energia a consumidores cativos são determinadas pela ANEEL. A receita operacional da Companhia e de suas controladas pode ser afetada adversamente se a ANEEL tomar decisões desfavoráveis quanto às tarifas praticadas.

Alterações na metodologia de revisão e reajuste tarifário poderão afetar as receitas originalmente previstas.

As tarifas de distribuição praticadas pelas distribuidoras Controladas, ainda que determinadas pela ANEEL, podem ser questionadas judicialment e, o que pode afetar adversamente a receita da Companhia.

No âmbito da contratação dos Montantes de Uso do Sistema de Transmissão, as distribuidoras controladas podem apresentar desvios entre demanda contratada e medida acima de um determinado patamar, o que pode afetar adversamente a Companhia.

Atendimento de Padrões de Qualidade e Disponibilidade das Instalações e exposição a Riscos Operacionais no segmento de Transmissão

Uma vez que parte significativa dos bens da Companhia está vinculada à prestação de serviços públicos, esses ben s não estarão disponíveis para liquidação em caso de falência nem poderão ser objeto de penhora para garantir a execução de decisões judiciais.

A ocorrência de eventos externos envolvendo as atividades das controladas da Companhia podem influenciar a percepção de diversos grupos de interesses quanto à aderência de seu comportamento em relação ao esperado e gerar questionamentos acerca das práticas ESG ( Environmental, Social, Governance), impactando negativamente o valor da Companhia.

A ocorrência de danos ambientais envolvendo as atividades das controladas da Companhia pode sujeitá-la ao pagamento de substanciais custos de recuperação ambiental e indenizações, que podem afetar negativamente seus negócios.

Imposições e restrições dos órgãos ambientais poderão implicar custos adicionais para a Companhia.