Vivo-Telefonica-Principais Riscos

Os riscos que a própria Companhia enxerga e assume, relacionados as suas atividades

Nossas vendas podem ser suspensas em razão de problemas com a qualidade dos nossos serviços.

Dependemos de pessoal-chave e de nossa capacidade de contratar e reter funcionários adicionais.

Certos acordos de dívida contêm compromissos financeiros, e qualquer inadimplência nesses acordos de dívida pode ter um efeito desfavorável relevante em nossa situação financeira e fluxos de caixa.

Fazemos investimentos tendo como base projeções de demandas que podem ser imprecisas devido à volatilidade econômica e resultar em receitas abaixo do volume estimado.

A Telefônica Brasil está exposta a riscos relacionados ao cumprimento das legislações voltadas ao combate à corrupção.

Enfrentamos riscos associados a ações judiciais.

Potenciais eventos globais ou nacionais relacionados à saúde, incluindo surtos de doenças contagiosas, epidemias ou pandemias podem afetar significativamente nossas operações.

Dependemos de fornecedores-chave para obter os serviços e equipamentos necessários para nosso negócio.

Certos insumos-chave estão sujeitos a riscos relacionados com importações, e adquirimos outros insumos-chave de um número limitado de fornecedores locais, o que pode limitar ainda mais nossa capacidade de adquirir tais insumos de maneira compensadora do ponto de vista dos custos.

Estamos sujeitos a passivos relacionados à contratação de terceiros, o que pode ter um efeito adverso sobre nossos negócios e os resultados de nossas operações.

A consolidação no mercado de telecomunicações pode aumentar a concorrência no futuro próximo e poderá alterar a dinâmica do mercado brasileiro.

Enfrentamos concorrência significativa no mercado brasileiro.

A tecnologia da informação é essencial para nossos negócios e pode estar sujeita a riscos de segurança cibernética.

Ampla regulação governamental do setor de telecomunicações e de nossa concessão pode limitar, em alguns casos, nossa flexibilidade em responder às condições do mercado, à concorrência e às mudanças em nossa estrutura de custos ou impactar nossas tarifas.

Nossa concessão pode ser cancelada pelo governo brasileiro sob determinadas circunstâncias

A revisão de nossos contratos de concessão e/ou a implementação de um novo marco regulatório no Brasil pode ter um efeito adverso relevante sobre nossas operações

Nossas licenças de radiofrequência atuais podem não ser renovadas por períodos adicionais

Nossos resultados operacionais podem ser afetados negativamente pela aplicação das regras do Serviço de Telefonia Fixa Comutada (STFC) e do Serviço Móvel Pessoal (SMP)

Novas regulamentações definidas pela ANATEL podem ter efeito adverso sobre nossos resultados

A regulamentação da Internet no Brasil ainda é limitada, e algumas questões legais relacionadas à Internet ainda são incertas

O setor em que exercemos nossas atividades está sujeito a rápidas mudanças tecnológicas, o que exige alterações adequadas no ambiente regulatório

Estamos sujeitos a certos riscos relacionados a condições e obrigações impostas pela ANATEL para uso do espectro necessário para os serviços de LTE que oferecemos.

Empresas do setor de telecomunicações, inclusive nós, podem ser prejudicadas por restrições quanto à instalação de novas antenas para serviços móveis

Podemos sofrer sanções e outros danos pelo descumprimento à regulamentação de qualidade

A Lei de Proteção de Dados Pessoais é recente e sua implementação pode requerer adaptações em nossos processos e serviços

Estamos sujeitos à legislação e à regulamentação ambiental. O descumprimento de tais leis e regulamentos pode ensejar a aplicação de penalidades que podem ter um efeito adverso sobre nosso negócio.
Riscos de Sustentabilidade: os riscos de sustentabilidade estão ligados a questões que afetam as operações diretas ou indiretas da Telefônica Brasil em relação a temas socioambientais. No quesito ambiental, estes riscos estão relacionados aos impactos ambientais possíveis e inerentes nos sites técnicos. Já os sociais estão ligados, em sua maioria a questões trabalhistas.