D1000-Principais Riscos

Os riscos que a própria Companhia enxerga e assume, relacionados as suas atividades

O surto de doenças transmissíveis no Brasil e/ou no mundo, a exemplo da pandemia declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em razão da disseminação do novo coronavírus (COVID-19), provocou e continuará provocando um efeito adverso em nossas operações, inclusive paralisando integral ou parcialmente as nossas operações. A extensão da pandemia do COVID-19, a percepção de seus efeitos, ou a forma pela quai tal pandemia impactará nossos negócios (quer do ponto de vista micro, quer do ponto de vista macroeconômico) depende de desenvolvimentos futuros, que são altamente incertos e imprevisíveis, podendo resultar em um efeito adverso relevante em nossos negócios, condição financeira, resultados das operações e fluxos de caixa e, finalmente, nossa capacidade de continuar operando nossos negócios.

As nossas atividades estão concentradas no mercado de varejo farmacêutico no Brasil, um setor altamente competitivo. Um aumento material da concorrência nos mercados em que operamos por meio do surgimento de novos concorrentes ou da expansão dos concorrentes atuais poderá prejudicar nossa participação de mercado e exercer pressão para redução dos nossos preços, ocasionando a redução da nossa margem de lucro.

Podemos não ser capazes de implementar nossa estratégia de crescimento orgânico. A falha

em implementar a nossa estratégia de crescimento orgânico poderá nos afetar negativamente.

A nossa controladora, Profarma Distribuidora de Produtos Farmacêuticos S.A. (“Pro[arma”) distribuidora de medicamentos, cosméticos e outros produtos farmacêuticos é responsável pela distribuição de 100% dos produtos adquiridos por nós (levando-se em conta o valor de todas as compras efetuadas por nós no mencionado exercício social). Dessa forma, somos dependentes da capacidade de fornecimento da Pro/arma e qualquer acontecimento relevante que afete a capacidade  da Pro/arma em honrar com as obrigações assumidas conosco poderá prejudicar o abastecimento de nossas drogarias, afetando a nossa capacidade de comercializar produtos e, por consequência, as nossas operações

Em 15 de julho de 2020 celebramos um contrato de fornecimento com a Profarma, no intuito de formalizar a relação comercial já existente entre a nossa Companhia e a Profarma. No âmbito  do  contrato de  fornecimento,  nós  e  as  nossas  controladas  nos  comprometemos  a adquirir exclusivamente da Pro/arma todos os produtos que comercializarmos e que sejam distribuídos pela Pro/arma, sujeito à observância, pela Pro/arma, de determinadas condições comerciais, conforme estabelecidas no contrato

Nossas lojas são sensíveis à capacidade de renovação dos contratos de locação atualmente vigentes e à capacidade de identificar e negociar contratos de locação de novos pontos comerciais .

Parte das nossas lojas possuem previsão da necessidade de anuência prévia e expressa dos locadores no caso de mudança do nosso controle societário.

Certos riscos são inerentes à atividade farmacêutica e nossa cobertura de seguro pode não cobrir suficientemente os danos sofridos por nós. As perdas 1ul o cobertas pelos seguros contratados por nós podem resultar em prejuízos, o que poderá nos afetar adversamente.

Nós podemos ser afetados adversamente se nosso centro de distribuição sofrer danos materiais ou for fechado.

Nosso nível de endividamento, capacidade de geração de caixa e gestão do fluxo de caixa pode afetar de maneira adversa nossa capacidade de implementar com sucesso nosso plano estratégico de crescimento, reagir a concorrência, a mudanças em nosso setor ou em nossas atividades, e pode nos tornar mais vulneráveis a retrações em nossos negócios.

Nosso resultado poderá ser afetado adversamente pela não obtenção ou renovação, em prazo adequado, das licenças imobiliárias necessárias.

A perda de membros da nossa administração, o enfraquecimento da nossa cultura organizacional e/ou a incapacidade de atrair e manter pessoal qualificado poderá afetar negativamente nossos negócios e atividades, situação financeira e resultado operacional

A abertura de novas lojas pode demandar recursos adicionais, bem como ocasionar uma queda no desempenho das lojas existentes.

Possuímos uma relevante concentração de lojas no estado do Rio de Janeiro e na região Centro Oeste do Brasil Em decorrência disso, nossa atividade é influenciada significativamente pelas condições econôm,icas e demais características destas localidades.

Incapacidade de ,nanter níveis de capital de giro suficientes para o nosso negócio pode limitar nosso crescimento e nos afetar adversamente.

Decisões desfavoráveis em processos, novos ou em andamento, judiciais, administrativos ou arbitrais podem nos afetar adversamente.

Falhas ou brechas de nossos sistemas de tecnologia da informação podem interromper nossas operações e impactar negativamente nossos negócios.

Durante a década passada, expandimos nosso negócio por meio da aquisição de redes de varejo. Não conseguimos prever se e quando novas aquisições serão realizadas. Circunstâncias associadas à nossa estratégia de crescimento por meio de aquisições poderão nos afetar adversamente.

Se não cumprirmos satisfatoriamente as disposições legais e regulamentares destinadas a combater atos de corrupção, poderemos ficar sujeitos a multas, penalidades ou outras sanções administrativas e judiciais, e poderemos ser impactados de forma negativa e relevante.

Parali sação da nossa força de trabalho ou greve pode afetar as nossas operações.

O nosso Diretor Presidente e Vice-Presidente do Conselho de Administração, Sr. Sammy Birmarcker, também ocupa os cargos de Diretor Presidente e Vice-Presidente do Conselho de Administração da Pro/arma, nossa controladora e principal fornecedora de produtos. Não podemos garantir que não haverá conflitode interesses por parte do Administrador na tomada de decisões que envolverem ambas as Companhias.

Os interesses de nosso acionista controlador podemser conflitantes com os interesses de nossos acionistas minoritários. Adicionallnente, o nosso acionista controlador poderá alienar as ações de nossa emissão e de sua titularidade, de forma a passar a deter menos do que 50% do nosso capital votante.

Após a conclusão de nossa oferta pública inicial de ações, deixamos de ser uma subsidiária integral da Pro/arma e, portanto, as bases acionárias da nossa Companhia e da Pro/arma passaram a ser diferentes, o que poderá colocar acionistas relevantes de ambas companhias em situação de conflito de interesses

Nossos acionistas poderão não receber dividendos ou juros sobre o capital próprio.

Podemos ter que emitir novos valores mobiliários para captar recursos adicionais, o que poderá resultar em tuna diluição da participaçüo do investidor no nosso capital social.

O nosso resultado consolidado reflete exclusiva e integralmente os resultados de nossas controladas. Dessa forma, resultados negativos das nossas controladas afetarüo negativamente o nosso resultado.

Mudanças na indústria farmacêutica brasileira (tanto relacionados à produção, quanto relacionadas ao fornecimento e comercialização) poderão ter efeito adverso em nossos negócios.

Dependemos da disponibilidade de crédito e cartões de crédito para os nossos clientes. Qualquer mudança nas poüticas e valores cobrados pelos emissores de cartões de crédito pode nos afetar, prejudicando nosso resultado operacional e a nossa situação financeira.

A crescente consolidação do setor de varejo no Brasil poderá exercer pressões em nossas margens e resultado operacional

As companhias atuantes no setor varejista, incluindo o setor de varejo fannacêutico, têm apresentado frequente volatilidade, em decorrência do cenário altamente competitivo e inovador. Caso não sejamos capazes de acompanhar a velocidade do desenvolvimento tecnológico, nossas operações poderão ser prejudicadas, o que poderá nos afetar adversamente

Estamos sujeitos a leis federais que impõem controle de preços à maioria dos produtos fannacêuticos que vendemos.

O setor farmacêutico está sujeito a um grande número de regul.amentações.

Nossas operações poderão ser influenciadas pelas regulamentações específicas para os estados e áreas metropolitanas nas quais nós atuamos.

Mudanças na legislação tributária a nível municipal, estadual e/ou federal podem aUerar determinações fiscais, tais como alíquotas vigentes e/ou. a criação de novos tributos, e, consequentemente, nos afetar adversamente.

Aumento nas despesas de pessoal devido às novas exigências regulatórias ou. às ne gociações trabalhistas desfavoráveis podem nos afetar adversamente.

Estamos sujeitos a usos ilegais da nossa plataforma digital e todos os riscos a ele atrelados. Adicionalmente, estamos sujeitos ao vazamento de dados confidenciais causados por fontes internas ou externas, o que poderá nos expor a processos judiciais.

Podemo s sofrer multas e restrições sob o Código de Defesa do Consumidor

Nossas operações poderão ser influenciadas pelas regulamentações especificas em decorrência do COVID-19

Estamos sujeitos a leis e regulamentações ambientais.

O surto de doenças transmissíveis em todo o mundo, como a atual pandemia do coronavirus (COVID-19), pode levar a uma maior volatilidade no mercado de capitais global e resultar em pressão negativa sobre a economia mundial, incluindo a economia brasileira, impactando o mercado de negociação das ações de nossa emissão

A instabilidade política tem afetado adversamente a economia brasileira, os nossos negócios e os resultados de nossas operações, podendo afetar também o preço de negociação de nossas ações

Crises econômicas, sanitárias, políticas, ambientais ou qualquer outro tipo de crise que tenha o condão de impactar a economiabrasileira poderá afetar o poder aquisitivo da população, o que poderá resultar em uma diminuição do mí mero de vendas dos nossos produtos

O Governo Federal exerce influência significativa na economia brasileira. A conjuntura política e econômica brasileira pode causar um efeito adverso relevante nas nossas atividades.

A instabilidade cambial pode prejudicar a economia brasileira e, consequentemente, nos afetar adversamente

Esforços governamentais podem impactar as taxas de juros e a inflação, influenciando assim o crescimento da economia brasileira e as nossas atividades

Acontecimentos e mudanças na percepção de riscos em outros países, podemprejudicar o preço de mercado dos valores mobiliários globais, dentre eles o preço de mercado das nossas ações

Qualquer rebaixamento na classificação de crédito do Brasil poderá afetar adversamente o preço de negociação das nossas ações