Hidrovias do Brasil-Principais Riscos

Os riscos que a própria Companhia enxerga e assume, relacionados as suas atividades

A Companhia pode não conseguir obter ou renovar todas as licenças. alvarás e permissões necessárias à condução dos seus negócios.

A Companhia está sujeita a extensa regulamentação ambiental.

A possibilidade da modalidade contratual de ” take or pay” em contratos com eventuais clientes, se não cumpridas por tais clientes, pode gerar riscos aos resultados da Companhia.

As operações da Companhia estão expostas à possibilidade de perdas por desastres naturais, catástrofes, acidentes, incêndios e outros eventos que não estão no controle da Companhia e que podem afetar negativamente seu desempenho financeiro, assim como por condições climáticas adversas, efeitos das mudanças climáticas e outros fatores fora do nosso controle, que podem afetar a navegabilidade das hidrovias nas quais operamos.

O surto de doenças transmissíveis no Brasil e/ou no mundo, a exemplo da pandemia declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em razão da disseminação do novo Coronavírus (COV/O-19), provocou e pode continuar provocando um efeito adverso em nossas operações. A extensão da pandemia da COV/O-19, a percepção de seus efeitos, ou a forma pela qual tal pandemia impactará nossos negócios depende de desenvolvimentos futuros. que são altamente incertos e imprevisíveis, podendo resultar em um efeito adverso relevante em nossos negócios, condição financeira, resultados das operações e fluxos de caixa e, finalmente, nossa capacidade de continuar operando nossos negócios.

Despesas com indenizações de qualquer natureza. acidentes. roubos e outras reclamações podem afetar significativamente os resultados operacionais da Companhia e nossas apólices de seguro podem não ser suficientes para cobrir todas as nossas perdas, o que poderia nos afetar adversamente

A Companhia está sujeita a perdas não cobertas pelos seguros contratados, bem como a dificuldades para contratação de apólices, o que poderá gerar efeitos adversos sobre seus negócios. A Companhia está sujeita à ocorrência de eventos não segurados (tais como caso fortuito e força maior ou interrupção decertas atividades), ou de danos maiores do que os limites de cobertura previstos em suas apólices. Além disso, a quantificação da exposição de risco nas cláusulas existentes pode ser inadequada ou insuficiente, podendo, inclusive, implicar em reembolso menor do que o esperado.

O negócio da Companhia pode ser afetado adversamente se as operações em seus terminais de carga e descarga ou as operações deseus clientes e fornecedores sofrerem interrupções significativas.

A Companhia pode ser afetada adversamente em razão de violações às leis anticorrupção ou outras leis semelhantes nos países em que opera ou faz negócios.

A Companhia pode não conseguir atender as cláusulas restritivas {covenants) de seus contratos financeiros.

Não podemos garantir que seremos capazes de distribuir dividendos

A substancial competição, principalmente de outros prestadores de serviços de logística, pode prejudicar o desenvolvimento das atividades da Companhia.

Podemos não conseguir executar ou obter os benefícios esperados de nossos planos de crescimento por meio de crescimento orgânico ou aquisições, e tentativas de implementar nossa estratégia de crescimento podem nos afetar adversamente.

Podemos ser adversamente afetados se algum dos benefícios fiscais concedidos a nós expirar, for revogado ou se não conseguirmos qualificar. renovar ou estender esses benefícios fiscais.

A implementação da estratégia de crescimento da Companhia exigirá investimentos significativos, e poderá exigir a obtenção de recursos adicionais, que podem não estar disponíveis ou. se disponíveis, podem estar sujeitos a termos não aceitáveis.

O nível de endividamento da Companhia é relevante e a sua alavancaqem pode afetar negativamente a capacidade da Companhia de cumprir com seus compromissos financeiros, o que pode gerar efeitos adversos na sua condição financeira, reduzir sua capacidade de captação de recursos para financiar seus investimentos e operações ou de se recuperar de mudanças econômicas.

A perda de membros da alta administração da Companhia, ou a incapacidade de atrair e contratar pessoal adicional para integrá-la. poderá ter um resultado substancialmente negativo sobre a Companhia.

Decisões desfavoráveis ou a impossibilidade de se realizar depósitos judiciais ou de se prestar ou oferecer garantias em processos judiciais ou mesmo falhas no recebimento de ofícios e/ou notificações relacionadas à demandas administrativas e/ou judiciais podem causar efeitos adversos nos negócios da Companhia. na sua condição financeira e nos seus resultados operacionais.

A Companhia é uma empresa holding e dependerá dos resultados de suas controladas e subsidiárias. que podem não vir a ser distribuídos.

A participação da Companhia em SPEs resulta em riscos adicionais, inclusive no que tange a potenciais problemas de ordem financeira e de relacionamento com os parceiros da mesma.

A Companhia depende de sistemas de informação para conduzir seus negócios, e a falha em proteger esses sistemas contra violações de segurança poderão afetar adversamente os seus resultados.

Falhas nos nossos sistemas, políticas e procedimentos de gestão de riscos poderão afetar adversamente nossos negócios.

Os nossos negócios. práticas e políticas estão sujeitos a leis de privacidade. proteção de dados pessoais e cibersequrança, além de outras regulamentações governamentais no setor de tecnologia da informação. A Companhia estará sujeita a riscos relativos ao não cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. podendo ser afetada adversamente pela aplicação de sanções, inclusive pecuniárias. A nossa falha em proteger adequadamente os dados pessoais ou cumprir com determinações requlatórias pode nos afetar adversamente.

Movimentos populares poderão afetar os custos de construção e expansão dos terminais, bem como comprometer a sua operação normal, afetando a rentabilidade da Companhia.

O envelhecimento de nossa frota e de nossos equipamentos portuários operacionais pode aumentar os custos, interromper nossas operações e impedir a implementação de nossa estratégia de negócios.

Nossos negócios exigem capital para financiar a renovação da nossa frota e para implementar a nossa estratégia de crescimento.

O cronograma dos projetos da Companhia pode sofrer atrasos o que, por consequência, pode acarretar o aumento dos custos previstos, e afetar adversamente seus projetos atuais e futuros.

A Companhia poderá ser obrigada a desocupar os imóveis foreiros a qualquer momento mediante reinvindicação pela União por meio da Secretaria de Patrimônio da União (SPU)

Nenhum acionista ou grupo de acionistas detém a maioria do capital social da Companhia.

Estamos suíeitos a disposições de não concorrência contidas em alguns de nossos contratos, o que pode limitar nossa capacidade de tirar proveito de oportunidades de negócios lucrativas e restringir nosso crescimento.

Nossas embarcações podem ser alvo de ações ilícitas para contrabando de substâncias e produtos ilegais, causando danos materiais e adversos à Companhia

Nossas embarcações podem estar sujeitas a apreensão por meio de arresto marítimo.

Uma falha em passar na inspeção pelas sociedades de classificação e/ou pelas autoridades de bandeira pode resultar em um ou mais embarcações ficando não empregadas a menos e até que passem na inspeção, resultando em perda de receita de tais embarcações durante esse período e uma diminuição correspondente nos fluxos de caixa operacionais.

A volatilidade e incertezas nos preços dos combustíveis podem afetar os custos operacionais e as posições competitivas de negócio da Companhia. o que pode afetar negativamente os seus resultados operacionais. fluxos de caixa e condição financeira.

Procedimentos de inspeção aprimorados e controles mais rigorosos de importação e exportação podem aumentar os custos e afetar adversamente nossos negócios.

A atividade da Companhia de exploração de terminal portuário público, por meio de contrato de arrendamento, é considerada serviço público e está sujeita a diversas regulamentações governamentais, cujas alterações podem gerar um efeito adverso no resultado. Além disso, as atividades da Companhia também podem ser afetadas adversamente por medidas governamentais.

A Companhia pode vir a realizar contratações sem a observância de suas políticas e procedimentos internos.

A Companhia pode não ser capaz de renovar ou manter os contratos de locação de imóveis relevantes para sua operação

A Companhia poderá ser obrigada a desocupar imóveis de terceiros objeto de contratos de locação vigentes por prazo indeterminado

Aumentos significativos na estrutura de custos da Companhia, atrasos no fornecimento ou não cumprimento, pelos fornecedores. das condições financeiras. dos prazos de fornecimento contratados, das especificações e dos níveis mínimos de qualidade relativos a cada projeto. podem afetar os resultados operacionais da Companhia.

As atividades da Companhia dependem do bom relacionamento e da reputação de seus fornecedores.

Uma parcela significativa das receitas da Companhia é proveniente de um pequeno número de clientes.

Os resultados da Companhia dependem do volume de negócios realizados com seus clientes.

Estamos sujeitos a certos riscos relacionados a crédito e outros riscos de contraparte.

Flutuações em alguns setores sazonais nos quais os clientes da Companhia operam podem ter efeitos adversos no seu negócio.

A falta de conservação e/ou a obstrução das rodovias dos países em  que atuamos pode afetar adversamente o transporte de grãos.

O governo federal exerceu e continua a exercer influência significativa sobre a economia brasileira. Essa influência, bem como a conjuntura econômica e política brasileira, podem ter um efeito material adverso sobre a Companhia.

A instabilidade cambial pode prejudicar a economia brasileira e, consequentemente, a Companhia.

A Companhia. suas atividades e projetos em desenvolvimento estão sujeitos a diversas leis e regulamentações governamentais. A falha da Companhia em cumprir as leis e regulamentações ou a ocorrência de quaisquer alterações legais ou requlatórias pode afetar a Companhia de forma adversa. A Companhia está sujeita à legislação e regulamentação aplicável para sociedades por ações de capital aberto listadas no segmento de Novo Mercado da 83 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão. A falha da Companhia em cumprir com tais leis regulamentações pode afetar a Companhia de forma adversa.

A Companhia está sujeita a leis e regulamentos que exigem autorizações específicas para o exercício de atividades de navegação e operação de terminais portuários. A ausência ou falha na manutenção dessas autorizações pode impedir a condução regular das atividades.

Está em discussão no Congresso Nacional ampla reforma tributária, principalmente designada para aumentar a eficiência de alocação dos recursos da economia.

Eventual majoração de alíquota sobre impostos no Brasil, a criação de novo imposto ou mesmo o reconhecimento da incidência de determinado(s) imposto(s) que venha(m) a impactar nossas operações podem causar um efeito adverso relevante sobre nós.

Um percentual importante das operações. bens e clientes da Companhia estão localizados no Uruguai e Paraguai. Logo, os negócios da Companhia podem ser afetados por condições econômicas e requlatórias vigentes nesses países.

Futuros aumentos na alíquota do imposto corporativo ou modificações adicionais nos sistemas tributários dos países em que operamos, bem como alterações requlatórias em tais jurisdições, podem ter um efeito adverso relevante sobre nós.

A Companhia está sujeita a uma vasta variedade de leis, regulamentações e exigências de licenças federais, estaduais e municipais, em relação à proteção do meio ambiente. A Companhia pode ser autuada e penalizada por infrações e crimes em caso de não atendimento da legislação ambiental aplicável, bem como condenada a responder por danos causados ao meio ambiente e às comunidades indígenas e quilombo/as localizadas no entorno das áreas dos portos e, ainda, ter a validade de suas licenças ambientais suspensas.

O surto de doenças transmissíveis em todo o mundo pode levar a uma maior volatilidade no mercado global de capitais. Qualquer surto no Brasil ou no mundo pode afetar diretamente nossas operações nos países em que atuamos.

Instabilidade política tem afetado adversamente a economia brasileira, os negócios da Companhia e os resultados de suas operações, bem como poderá afetar também o preço de negociação das nossas ações.

A inflação e os esforços governamentais para combatê-la podem contribuir para um cenário de incerteza econômica, afetando adversamente a Companhia e o preço de mercado das suas ações.

Riscos relacionados à situação da economia global poderão afetar a percepção do risco em outros países, especialmente nos Estados Unidos e mercados emergentes. o que poderá afetar negativamente a economia brasileira. inclusive por me io de oscilações nos mercados de valores mobiliários, o que pode impactar o preço de negociação de nossas ações.

Qualquer queda adicional no rating de crédito do Brasil pode afetar adversamente o preço de negociação das nossas ações.

Flutuações na troca de moeda estrangeira em nossas transações comerciais podem afetar negativamente nossos resultados financeiros.